Prémio Redes para o Desenvolvimento: concurso vai apoiar as 2 melhores iniciativas de educação para a cidadania global apresentadas por OSC dos municípios abrangidos

|
O Prémio “Redes para o Desenvolvimento”, no valor total de 10.000€ (dez mil euros), pretende apoiar as Organizações da Sociedade Civil (OSC) na criação e implementação de atividades/metodologias de Educação para a Cidadania Global dirigidas à comunidade escolar e/ou à população local dos seguintes municípios: Alfândega da Fé, Amadora, Cascais, Faro, Grândola, Loures, Maia, Marinha Grande, Matosinhos, Miranda do Corvo, Moita, Odivelas, Oeiras, Ourém, Palmela, Seixal, Setúbal e Vila Nova de Poiares.

O lançamento deste prémio, em Portugal, na vertente da cidadania global, tem como principal objetivo sensibilizar a população em geral, mas sobretudo a comunidade escolar, sobre os novos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Para além do Prémio “Redes para o Desenvolvimento”, o projeto “Redes para o Desenvolvimento: Educação Global para uma Cooperação mais eficiente” disponibiliza o acompanhamento dos candidatos através de um serviço de assistência técnica, acompanhamento e monitorização até ao final da implementação das atividades/metodologias vencedoras.




Esta atribuição surge no âmbito do projeto “Redes para o Desenvolvimento: Educação Global para uma Cooperação mais eficiente” o qual como objetivo global visa: encorajar as ações de Educação para o Desenvolvimento das Autoridades Locais e das Associações de Autoridades Locais, para apoiar processos de diálogo construtivos e ativos nas suas comunidades e promover o cumprimento de compromissos de desenvolvimento internacional. Por sua vez, os objetivos específicos são: promover as capacidades das Autoridades Locais como atores efetivos da Educação e Cooperação para o Desenvolvimento; criar oportunidades para as comunidades e os cidadãos se envolverem em ações promovidas a nível local, através do seu acesso mais amplo a informação sobre assuntos globais de desenvolvimento; e promover uma cooperação estreita e sinergias entre as Autoridades Locais e Atores Não Estatais de Portugal, Alemanha, Espanha e Holanda.

Este é um projeto financiado pela União Europeia e pelo Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, IP, através das linhas de financiamento de Educação para o Desenvolvimento, implementado em parceria pela Câmara Municipal de Loures e a Câmara Municipal do Seixal (em nome da Rede Intermunicipal de Cooperação para o Desenvolvimento) e o Instituto Marquês de Valle Flôr (IMVF) nos seguintes Municípios: Alfândega da Fé, Amadora, Cascais, Faro, Grândola, Loures, Maia, Marinha Grande, Matosinhos, Miranda do Corvo, Moita, Odivelas, Oeiras, Ourém, Palmela, Seixal, Setúbal e Vila Nova de Poiares.

Para obter a documentação para efeitos de concurso ao prémio, siga as ligações que passamos a indicar:
 
1. Regulamento  
2. Formulário de candidatura (template)  
3. Orçamento de candidatura (template)  
 
As candidaturas deverão ser submetidas por correio eletrónico, para o endereço cd.aricd@gmail.com, mencionando no “Assunto” a referência: “Candidatura Prémio Redes para o Desenvolvimento” até às 23:59h do dia 22 de novembro de 2015.
 
Este Prémio é lançado no âmbito do Projeto Redes para o Desenvolvimento: Educação Global para uma Cooperação mais eficiente, com o apoio da União Europeia e do Camões, IP. Os conteúdos expressos são da exclusiva responsabilidade dos parceiros do projeto e não podem, em caso algum, ser tomados como a expressão das posições da União Europeia.
Partilhar  Partilhar no Facebook Partilhar no Twitter Partilhar no LinkedIn