Ciclo de debates "O Mundo na Amadora"

|
A multiculturalidade, a pluralidade e a diferença caracterizam a Amadora enquanto exemplo de integração a nível nacional e europeu.

O primeiro debate do ciclo  "O Mundo na Amadora"teve como tema "Cidade e Cidadania: Para que servem as religiões?"
 


A Câmara Municipal da Amadora, associada RICD, a promover a Educação para a Cidadania Global.
"Cidade e Cidadania: Para que servem as religiões?" foi o tema do primeiro debate do ciclo "O Mundo na Amadora", uma iniciativa conjunta do Município da Amadora e da ULHT - Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias.
 
Neste 1.º encontro, o debate moderado por Joaquim Franco, contou com a participação de Catarina Marcelino, deputada e ex-Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, de Fabrizio Boscaglia, investigador em Islão e Cultura Portuguesa da Universidade Lusófona, de Jennifer McGarrigle, investigadora do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, da Universidade de Lisboa e do Padre Carlos Jorge, teólogo e pároco da Amadora.

Paulo Mendes Pinto, investigador e coordenador da Área de Ciência das Religiões da Universidade Lusófona, e Carla Tavares, Presidente da Câmara, apresentaram este projeto que pretende valorizar a diferença e diversidade religiosa.


Fonte: CMAmadora
 
Partilhar  Partilhar no Facebook Partilhar no Twitter Partilhar no LinkedIn