Redes para o Desenvolvimento

Logo_Redes_-_Transparente
Entidade Executora:
IMVF - Instituto Marquês de Valle Flôr

Designação:
Redes para o Desenvolvimento: da geminação a uma cooperação mais eficiente

Localização:
Portugal, Espanha e Alemanha

Duração:
36 meses - De junho de 2010 até maio de 2013

Beneficiários Diretos:
Autarquias Portuguesas e Alemãs – particularmente Presidentes e vice-presidentes de Câmaras e técnicos autárquicos - ONG e Atores Não Estatais portugueses. Outros: Autarquias Espanholas e Actores Não Estatais de Espanha e Alemanha

Objetivos:
Os objetivos gerais do projeto são:
i) Promover sinergias entre projetos de cooperação internacionais como estratégia eficaz para a redução da pobreza e para alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio;
ii) Promover novos canais de comunicação entre autoridades locais a nível nacional e internacional, contribuindo para a Boa Governação a nível local.
O objetivo específico é: reforçar o papel das autoridades locais portuguesas e alemãs enquanto agentes ativos de cooperação para o desenvolvimento.

Resultados Esperados e Atividades:
 
Resultado 1: Rede de Autoridades Locais criada e reforçada
     • Sessões de apresentação do Projeto a nível nacional;
     • Criação e dinamização da Rede Nacional de Autoridades Locais para a Cooperação;
     • Criação de uma plataforma virtual;
     • Elaboração e publicação de um diagnóstico sobre Geminações e Cooperação Descentralizada na Alemanha
 
Resultado 2: Parcerias multi-ator promovidas e reforçadas
     • “Parcerias para o Desenvolvimento” - realização de mesas-redondas;
     • “Cidadania Global” - realização de Assembleias Públicas
     • “Chamada Local para Acção Global” - realização de mesas redondas
 
Resultado 3: Boas práticas na área de cooperação para o desenvolvimento disseminadas a nível nacional e internacional
     • Apresentação da Plataforma virtual em Portugal, Espanha e Alemanha
     • Promoção de redes de informação e partilha de boas práticas entre Autarquias portuguesas;
     • “Aprender com a experiência” - realização de workshops
     • Realização de um Seminário final “Alianças transnacionais: novas parcerias, novos desafios”
 
Resultado 4: Capacidade das Autoridades Locais em desenvolver e implementar projetos de cooperação reforçada, assegurando assim uma cooperação cada vez mais eficiente
• “Cooperação Descentralizada em ação” - sensibilização do executivo das autarquias portuguesas para as mais-valias da sua participação ativa nos processos de cooperação para o desenvolvimento
• “Da geminação à Cooperação Descentralizada” - realização de workshops de capacitação de técnicos autárquicos para a promoção de projetos de cooperação mais eficientes
• “Autoridade Local: ponto focal para o Desenvolvimento” - ciclo de debates

Parceiros:
Portugal: Câmara Municipal de Loures; Câmara Municipal da Marinha Grande;
Alemanha: Fine+p – Forum für international entwicklung + Planung
Espanha: Fondo Galego de Cooperación e Solidariedade

Co-financiamento:
União Europeia e Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I.P.
Apoios:
Associação Nacional de Municípios Portugueses
Partilhar  Partilhar no Facebook Partilhar no Twitter Partilhar no LinkedIn