RICD participa na Jornada ODS organizada pelo Fundo Galego de Cooperação e Solidariedade

|
Inspirar os municípios para que contribuam para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável fixados pela ONU é a finalidade das Jornadas "A localização dos ODS e as políticas públicas municipais de cooperação para o desenvolvimento" que o Fundo Galego de Cooperação e Solidariedade organiza, dia 31 de maio, na Cidade da Cultura (Santiago de Compostela), a partir das 9 horas.

O seminário contará com nomes de especialistas proeminentes neste campo e com interessantes exemplos pioneiros na Europa, entre os quais também o testemunho da RICD.
 

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável são 17 metas que os/as líderes mundiais adotaram no final de 2015 para erradicar a pobreza, proteger o planeta e garantir a prosperidade para todas as pessoas no horizonte de 2030. Os ODS abrangem temas como o género, a saúde , educação, meio ambiente ou paz, e incluem indicadores que se conectam com as competências locais. Desta forma, os governos municipais podem tomar medidas para seu cumprimento interno, alinhando suas políticas com a nova agenda de desenvolvimento e também podem contribuir para sua realização nos lugares mais desfavorecidos através da cooperação internacional e participação em redes como o Fundo Galego.
 
A associação de municípios e concelhos organiza, pelo segundo ano consecutivo, um dia para aumentar a consciencialização sobre o papel fundamental que estas administrações desempenham na concretização dos ODS e para divulgar os avanços que estão a decorrer a nível europeu. Desta forma, após a apresentação a cargo de representantes políticos do âmbito local, provincial e regional, a reunião será aberta com o tema "Os ODS e a importância de sua implementação nos municípios", a cargo de Ines Sanchez de Madariaga, assessora da Rede Espanhola para ele Desenvolvimento Sustentável e especialista internacional em género em urbanismo ou inovação.
 
Segue uma mesa redonda sobre "Boas práticas na localização dos ODS: experiências de governos locais", que contará com exemplos vindos da região alemã da Renânia do Norte / Westfalia e da câmara municipal holandesa de Rheden, bem como da Rede Intermunicipal de Cooperação para o Desenvolvimento de Portugal e do Fundo Andaluz de Municípios para a Solidariedade Internacional.
 
Durante o seminário, duas oficinas paralelas serão organizadas: uma sobre a gestão das atividades de educação para a cidadania global dos concelhos e províncias e outra sobre os pedidos municipais de subsídios para projetos de cooperação para o desenvolvimento. Estes workshops serão assistidos pelo Coordenador Galego de ONGD e especialistas nas diferentes disciplinas.

Programa



Fonte: FG CS
Partilhar  Partilhar no Facebook Partilhar no Twitter Partilhar no LinkedIn