RICD elege órgãos sociais

|
O Município de Loures recebeu, no dia 16 de abril, uma Assembleia Geral Extraordinária da Rede Intermunicipal de Cooperação para o Desenvolvimento (RICD).

Além da partilha de informações e experiências, este organismo, constituído pelos concelhos de Alfândega da Fé, Amadora, Cascais, Estarreja, Faro, Fundão, Grândola, Loures, Maia, Marinha Grande, Matosinhos, Miranda do Corvo, Moita, Odivelas, Oeiras, Ourém, Palmela, Seixal, Setúbal, Torres Vedras e Vila Nova de Poiares, foi criado em 2013 para realizar um trabalho mais eficaz no combate à pobreza, através de ações com várias entidades dos Países de Língua Oficial Portuguesa.

A reunião decorreu no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, “um espaço de convergência e apropriado para o nosso objetivo de hoje, que se refletirá no futuro”, disse o presidente da Câmara Municipal de Loures, Bernardino Soares.

A ordem de trabalhos consistiu em eleger os novos órgãos sociais, sendo a Assembleia Intermunicipal presidida, a partir de agora, por Odivelas e a vice-presidência por Palmela, tendo Miranda do Corvo a função de secretário. O conselho executivo é presidido por Oeiras, cuja vice-presidência é desempenhada por Maia e Seixal. No conselho fiscal, Faro assume a presidência, Torres Vedras a vice-presidência e o lugar de secretário está atribuído a Grândola. A duração dos mandatos é igual à dos órgãos municipais.
  
Fonte: CMLoures
Partilhar  Partilhar no Facebook Partilhar no Twitter Partilhar no LinkedIn